segunda-feira, 11 de julho de 2011

Tem coisas na vida que fode um pouco a cabeça da gente. Que parece que arranca a tampa do coração. Como aqueles machucados que ardem, ardem e só com o tempo cicatrizam. Tem coisas que a gente supera e se sente forte pra reconquistar o mundo outra vez. . . até que chega outro tombo. E você tem que esperar arder tudo de novo. Esses machucados feito por nós mesmo. Que da vontade de choramingar feito um bebê, de ser mimado até passar a dor, que da medo de machucar de novo. Esses machucados que nos enfraquece, nos deixa meio manco, meio carregado pelo tempo. Que custa umas noites sem dormir, pensamentos, lágrimas, curativos, paciência, tempo e coragem.
E quando passa, fica lá uma cicatriz pra pesar na bagagem. Pra te mostrar que você sofreu sim, mas que conseguiu. Que fechou. Fica lá a marca que você viveu. De que se espatifou no chão, mas que você venceu.

3 comentários:

  1. Tem post dedicado a ti no blog.

    ResponderExcluir
  2. e os machucados servem para lembrar que a gente já passou por aquilo, e que,por isso mesmo, pode ser recuperar outra vez.

    ResponderExcluir